Blog / Notícias

Gestão Ambiental vistoria pontos de resíduos às margens da BR-116/RS

Ao transitar de Guaíba a Pelotas pela BR-116/RS os usuários não percebem os pontos irregulares de resíduos sólidos às margens da estrada. Contudo, entre as ações da Gestão Ambiental das obras de duplicação da rodovia (STE S.A.), contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está a de identificar, controlar e monitorar esses locais. O motivo: auxiliar na eliminação de potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti. A espécie é responsável pela transmissão dos vírus da Dengue, Zika e Febre Chikungunya.

A cada três meses a equipe do Programa de Saúde Pública (PSP) vistoria os mais de 211 quilômetros da duplicação para verificar a situação da faixa de domínio da rodovia. No último levantamento, realizado em novembro de 2016, detectou-se 18 pontos de descarte de resíduos sólidos, com restos de material de construção, pneus, móveis e lixo doméstico.

Conforme a responsável por conduzir a atividade, a terapeuta ocupacional Marcela Sternick, informa que ao identificar algum ponto irregular de descarte de resíduos sólidos a Gestora Ambiental solicita aos responsáveis para que realizem a remoção. “Começamos hoje (16/02), mas percebemos que alguns dos pontos listados há três meses já foram limpos. Mas ainda continuaremos com a atividade na próxima semana”, informa. “Além de conferirmos os locais apontados anteriormente, ficamos atentas para ver se há algum novo foco de resíduos”, completa a estagiária de Engenharia Ambiental e Sanitária da Gestão Ambiental, Camila Lopes.

Fonte: S.T.E. Serviços Técnicos de Engenharia

Categoria: Ecosul. Compartilhe: permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>