Blog / Notícias

Bromélia-gigante é resgatada pela Gestão Ambiental da BR-116/RS

A interferência das obras de duplicação da BR-116/RS em áreas naturais preservadas exige uma série de ações mitigadoras para garantir a conservação da vegetação local. A Gestão Ambiental (STE S.A.), por meio dos Programas de Supressão Vegetal e Monitoramento e Conservação da Flora, realiza diversas atividades que minimizam os impactos causados pelo empreendimento nestes ambientes. Na última quinta-feira, dia 12 de setembro, ocorreu mais um resgate de epífita – denominação dada a plantas que vivem sobre outras plantas.

Nas proximidades do km 328, em Barra do Ribeiro, uma bromélia da espécie Vriesea gigantea foi retirada do alto de um ingá que seria suprimido nas margens do Arroio Ribeiro. Pelo seu tamanho, que, com a inflorescência, chega a atingir mais de dois metros de altura, é uma espécie de alto potencial ornamental e utilizada como fonte de água e abrigo para muitos animais. A realocação da planta ocorreu no km 348, onde uma figueira de grande porte recebe diversas epífitas – como orquídeas, cactáceas e cravos-do-mato – resgatadas no lote 02.

No entanto, esta bromélia faz parte da Lista das Espécies Ameaçadas de Extinção no Rio Grande do Sul. Além de ser prejudicada pelo extrativismo, a planta é de difícil reprodução. “Possui desenvolvimento lento e de complexo estabelecimento devido à dispersão das sementes pelo vento”, explica o biólogo da Gestão, Eduardo Kessler. Após a realocação, a equipe realiza monitoramentos periódicos para garantir que ocorra a manutenção da biodiversidade e a regeneração parcial do hábitat e da vegetação impactada.

Divulgação STE S.A.

DSC_0231

 

Foto: Amanda Montagna

Categoria: Ecosul, Sustentabilidade. Compartilhe: permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>